Como aprender a programar aumenta as capacidades de escrita de uma criança

Como aprender a programar aumenta as capacidades de escrita de uma criança

Abril 11, 2017

Quando aprendem a codificar e criar projectos digitais entusiasmantes, as crianças adquirem habilidades que melhoram a sua escrita e divertem-se enquanto aprendem.

Programar é um novo meio de transmitir ideias
As ferramentas a que um escritor recorre para contar uma história incluem palavras e frases. Os programadores têm acesso a um meio mais aberto, cujo inclui imagens, música e animação, para além de palavras. A flexibilidade da programação permite, inclusivamente, que as crianças façam a sua história reagir aos estímulos que as rodeiam.

Escrever um script de um jogo faz com que as crianças pensem nos detalhes e consequências de como os seus personagens actuam. Não podem ser vagos – as crianças têm de aprimorar as suas ideias, uma habilidade importante que requer prática.

“Os alunos de 3º ano criaram histórias com diálogo e personagens animadas. Estavam tão envolvidos em criar e narrar as suas histórias, que nem sequer perceberam que estavam a programar, escrevendo e criando uma história convincente ao mesmo tempo.”- indica Kathy Bottaro, Digital Learning Program Coordinator, Iowa 

Programar reduz o Síndrome de “Página em Branco”

Criar um jogo baseado em histórias exige ritmo narrativo, histórias convincentes, diálogo envolvente e compreensão do público. Em suma, exige as mesmas capacidades que algumas crianças lutam quando o seu professor de português distribui um exercício de escrita criativa.

A diferença é que olhar para uma folha de papel em branco, muitas vezes, suscita pânico, enquanto a programação permite ter vários pontos de partida.

Quando programam, as crianças começam apenas com uma personagem e, de seguida, experimentam o diálogo, o movimento e interacções. A partir daí, adicionam outros actores, cenas e novas interacções. O programa começa no ponto de interesse da criança e evolui para um produto final, através de um processo de tentativas, experiências e interacções. Enquanto se programa, não existe a “página em branco”, apenas pequenos problemas para serem resolvidos, dividindo um problema grande, em vários pequenos e fáceis de resolver.

Programar torna as crianças concisas

Quando as crianças começam a programar, recorrem apenas a cinco linhas de código para programar um personagem e para que este se mova no ecrã. À medida que vão aprendendo mais conceitos de programação, como loops e instruções condicionais, conseguem condensar o código em duas linhas. As crianças aprendem que o objectivo da programação – ou da escrita – é usufruir da melhor forma das ferramentas que estão à sua disposição, para expressar ideias de forma eficiente e directa.

Estes miúdos escreverão um ensaio de 650 palavras na faculdade com a maior facilidade.

Programar ensina a planear e organizar competências

Programar e escrever tem por base o mesmo processo. Quando as crianças começam um projecto de programação, planeiam as diferentes funções que irão precisar, bem como a forma como essas funções vão funcionar em conjunto no projecto. Analogamente, para escrever um ensaio, as crianças devem organizar as suas ideias em diversos parágrafos e entender o momento em que se deve mudar de parágrafo.

 “Programar ajuda a desenvolver as competências de organização necessárias para uma boa escrita. Aconselho os meus alunos a planear a estrutura dos seus textos, dividindo-o por tópicos, seleccionando o que é mais importante e transmitir os vários argumentos de uma maneira convincente Algumas destas competências são necessárias quando se faz um vídeo-jogo. Quanto mais rigorosos forem, à medida que dividem um grande problema em componentes e organizam tarefas, mais bem-sucedidos serão.” —Lucinda Ray, Educator and Writing Instructor. 

A natureza interactiva de programar faz com que alguns assuntos se tornem mais fáceis e acessíveis. Se o seu filho adora escrever ou se precisa de alguma ajuda neste campo, a programação é uma actividade divertida que complementará com a sua educação e formação no ramo de Artes Linguísticas.

A Happy Code é uma uma escola de tecnologia e programação para crianças e jovens a partir dos 6 anos. Ensinamos a literacia do futuro de uma forma divertida! A nossa missão é ensinar tecnologia e programação a todas as crianças. Para saber mais, veja os nossos cursos e siga-nos:

   face   insta   twitter    pint

Fala, Escrita, Matemática, Desenho…e Programação?A programação dá poder a uma criança para fazer a diferença
PortugalBrazil