Todas as nossas atividades podem ser presenciais ou online. INSCREVE-TE AQUI!

7 razões para adotar a tecnologia na educação das crianças

Quer saber como melhorar a captação de alunos na sua instituição e utilizar métodos de ensino que o vão deixar à frente das outras escolas tradicionais? Então, está na hora de acompanhar as novas tendências e admitir que a tecnologia na educação é algo que veio para ficar.

Quando se trata de educação infantil, é preciso ter uma série de cuidados e identificar quais são as melhores formas de manter as crianças atentas à aula. Embora o método convencional seja aplicado há anos nas escolas, sabemos bem que ele já não produz resultados tão eficazes como antes.

Assim sendo, partilhamos 7 razões para adotar, de uma vez por todas, a tecnologia como ferramenta para melhorar a aprendizagem das crianças.

1. Melhora a qualidade de ensino

Por gerar novas perspetivas em relação às matérias convencionais e inserir um método de ensino diferenciado, a utilização da tecnologia na educação faz com que a escola proporcione uma verdadeira experiência de aprendizagem. É inegável a melhoria na qualidade de ensino, sabendo que a modernização das aulas aperfeiçoa o processo educacional e faz com que novas competências se desenvolvam.

Com inovações tecnológicas ao dispor da escola e dos alunos, podem utilizar-se inúmeros caminhos para chegar aos objetivos traçados em sala de aula, fazendo com que a flexibilidade de ensino seja muito maior e facilite o trabalho dos educadores. Tudo isto pode ser adaptado conforme a turma e o nível de conhecimento dos alunos, para otimizar o tempo de estudo de forma considerável.

2. Aumenta o empenho dos alunos

Sabendo que o público mais jovem de hoje pertence à geração Millennial, que está sempre conetada e tem noção de quase tudo o que acontece no mundo, naturalmente o uso da tecnologia desperta, e muito, a curiosidade das crianças na aula. Este recurso mantém os alunos empenhados, permite que eles questionem mais vezes e participem ativamente nas atividades.

A cada dia, percebe-se que o desenvolvimento cognitivo das crianças melhora e isso colabora para que o conhecimento se expanda ao ponto de despertar a atenção deles. Com isso, as aulas tornam-se mais interessantes e aquela imagem tradicional da escola fica diluída, porque os alunos deixam de ser meros espetadores para contribuírem de facto, participando mais nas aulas.

3. Ajuda a integração entre as crianças

Para além do bom diálogo entre professores e alunos, a tecnologia faz com que os alunos interajam mais entre si, potencializando uma boa comunicação interpessoal e, por consequência, o aumento das competências sociais. Isto auxilia bastante o desenvolvimento das crianças e permite que a educação básica tenha uma evolução considerável ao longo do tempo.

Em várias oportunidades, os recursos tecnológicos fazem com que as crianças socializem para chegarem a um denominador comum, o que impulsiona o trabalho em equipa. Este tipo de integração permite que a aula fique mais dinâmica, divertida e envolvente, o que faz com que as crianças se sintam motivadas a aprendam cada vez mais.

4. Valoriza a parceria entre a escola e os pais

É importante identificar que a tecnologia no meio educacional ajuda não só o ambiente da sala de aula, mas também promove uma comunicação escolar efetiva e o interesse por parte dos responsáveis. Para que o ensino cresça verdadeiramente e o desenvolvimento das crianças flua de modo natural, a participação dos pais é importantíssima neste processo, até mesmo para incentivar os filhos.

Com a tecnologia a favor da instituição, é muito mais fácil estabelecer uma conversa amigável com os responsáveis e fazer com que eles queiram saber como está a evolução dos filhos durante o ano letivo. Isto contribui para uma presença

mais ativa dentro do lar, para a participação em atividades da escola e para a melhoria da esfera afetiva.

5. Reduz o número de reprovações

Sabendo que o interesse dos alunos é muito maior com a presença da tecnologia na educação, consequentemente, podemos observar uma redução considerável no número de reprovações. Ao desenvolver uma metodologia de ensino que envolve as crianças, a produtividade tende a ser muito maior e isso reflete-se bastante nas notas, que passam a ser satisfatórias por causa da facilidade na aprendizagem.

A tecnologia permite que os educadores auxiliem melhor as crianças em relação às disciplinas, fazendo com que conceitos mais complexos sejam assimilados sem grande dificuldade. Assim sendo, a taxa de abandono escolar também é reduzida, o que contribui para uma maior rentabilidade da escola.

6. Ajuda a preparar futuras carreiras

Outro aspeto relevante e que faz valer a pena investir em tecnologia no ambiente escolar é a possibilidade de preparar os alunos desde a infância para o mercado de trabalho. No método tradicional, vemos que os alunos vão passando de ano para ano sem assimilar verdadeiramente as matérias e isso reflete-se no futuro deles, principalmente na altura de escolher um curso para a universidade ou procurar um emprego.

A tecnologia permite que as crianças desenvolvam o pensamento crítico diante de problemas do dia-a-dia, aumentando a criatividade e a iniciativa para resolver as questões propostas. Compreenda que boa parte das profissões do futuro estarão relacionadas com a tecnologia e, por isso, proporcionar este método de ensino faz com que as crianças estejam melhor preparadas, até mesmo a pensar numa educação empreendedora.

7. Cria um fator diferenciador competitivo para a escola

Por fim, e não menos importante, a utilização de tecnologia na educação faz com que a sua instituição esteja um passo à frente da concorrência. Afinal, terá os recursos necessários para ensinar com qualidade. Este fator diferenciador permite que os processos no ambiente escolar estejam de acordo com o projeto pedagógico e que o plano de ensino tenha alternativas viáveis para melhorar o conteúdo.

O mercado está cada vez mais competitivo e ter uma carta na manga para promover uma disrupção inovadora permite que a instituição tenha mais notoriedade e, por consequência, projete a marca. Compreenda que seguir as tendências da educação é uma forma de oferecer um ensino que esteja de acordo com as necessidades dos alunos, obter o reconhecimento dos pais e, desta forma, aumentar o número de matrículas.

E então, depois de toda a informação apresentada convenceu-se de que a tecnologia na educação é uma boa opção? Perceba que ela contribui não só para melhorar a interação em sala de aula, mas também para a mudança de paradigmas do ensino tradicional e para o aparecimento de novos métodos.

0 Comentários

Deixe um comentário