Benefícios de aprender a programar ainda em criança

Muitos pais e educadores ainda se questionam sobre quais os benefícios de aprender a programar em criança. Para ajudar a esclarecer esta dúvida, demos a palavra a Rodrigo Santos, fundador da Happy Code no Brasil.

“Da próxima vez que sair para jantar, olhe à sua volta. Quantas pessoas estão a usar os seus smartphones? Quantas delas são crianças?

A verdade é que as crianças de hoje vivem num mundo muito diferente das crianças de há 5, 10 ou 20 anos. Na sociedade atual, todos usam telemóvel, computador ou, muitas vezes, ambos.

Como a matemática ou o inglês, a programação está rapidamente a tornar-se uma das competências indispensáveis deste século para a empregabilidade. Até o presidente Obama aderiu a esta ideia, ao incentivar cursos de programação nas escolas americanas.

Programar tornou-se uma competência indispensável que se vai fortalecendo cada vez mais com o passar do tempo. Se ainda não está convencido, aqui estão mais algumas razões pelas quais as crianças devem aprender a programar.

A leitura é fundamental

A leitura é, de fato, fundamental e hoje em dia a programação é uma nova forma de alfabetização. O dia a dia de uma criança é passado online: YouTube, Facebook, Instagram, Netflix. Os jogos de computador, tais como Minecraft, são tremendamente populares entre elas. O Lego de ontem eram blocos básicos de construção, agora é o Lego Mindstorms, cheio de tecnologia.

Sabendo como programar, as crianças vão compreender o mundo digital em que nasceram. Manter as crianças aptas para estes avanços só irá ajudá-las a construir os alicerces para uma vida mais bem-sucedida no futuro.

Quanto mais cedo melhor

O cérebro de uma criança é como uma esponja, especialmente quando ela tem cinco anos. Este período de formação é o momento que os educadores recomendam para a aprendizagem de uma segunda língua. A programação não é nada mais do que um tipo diferente de linguagem.

Se tem filhos, já deve ter percebido que a paciência não é uma virtude que eles possuem naturalmente! Os mais novos são imediatistas… Ao escrever e testar um código, a criança recebe um feedback instantâneo sobre o seu trabalho. Se programar uma personagem de um jogo para executar uma tarefa específica, ela pode ver rapidamente se o seu código funciona ou não. Aqueles resultados instantâneos fomentam não só entusiasmo, mas também ajudam a desenvolver competências de resolução de problemas que podem ser aplicadas em todas as áreas da vida.

Mudar o mundo, uma fralda de cada vez

Cada geração cresce acreditando que pode mudar o mundo. As crianças de hoje estão a viver um momento de avanço tecnológico que torna isso possível mais do que nunca. Mas elas precisam de aprender com orientação e foco.

Quando confrontadas com uma questão social ou uma necessidade de mudança, quantas vezes têm algo tão simples como uma página no Facebook que possibilita a orientação e reflexão para o problema ou, muitas vezes, uma solução?

Líderes da indústria de hoje, como Bill Gates e Mark Zuckerberg, concordam que, para a nossa juventude, a programação é a competência mais importante para aprender. As ideias são muitas, mas apenas algumas pessoas podem trazê-las à vida. À medida que avançamos para o futuro, o que vai separar cada vez mais aqueles que transformam as suas ideias em realidade é a capacidade de programar.

Encorajar a criança a aprender a programar irá fazer com que passe de uma pessoa sonhadora para uma pessoa inovadora. Com nada mais do que as suas mentes e um computador, as crianças de hoje podem usar as competências de programação que estão a aprender para construir algo surpreendente. Isso também pode levar diretamente a uma maior confiança e autoestima.

Então do que está à espera? Investir no futuro do seu filho é investir na humanidade.”

0 Comentários

Deixe um comentário

gtag('config', 'AW-868132947');