Todas as nossas atividades podem ser presenciais ou online. Inscreve-te já!
Como desenvolver a confiança das crianças com o Youtube

Como desenvolver a confiança das crianças com o Youtube

O incentivo de aprender novas competências com a ajuda do Youtube tem apresentado inúmeros benefícios, dentre os quais se destacam o amadurecimento comportamental e intelectual de crianças e jovens e da sua autoconfiança. Leia o relato do Miguel, portador de Transtorno do Espectro Autista que utiliza a ferramenta para desenvolver as suas aptidões.

O YouTube tem hoje mais de um bilião de utilizadores, o que representa quase um terço dos utilizadores da Internet. Diariamente, essas pessoas assistem a biliões de horas de vídeo, gerando biliões de visualizações nos mais de 500 uploads que são feitos por minuto. A rede criou ainda uma geração de novas celebridades, os youtubers. Além de ser um hobby para os jovens e uma maneira de se expressarem, a produção de vídeos no YouTube tem-se tornado num negócio muito rentável. Eles ganham dinheiro expondo produtos e marcas nos seus vídeos e participando em eventos.

A nova geração de crianças entre os 5 e os 12 anos, tem vivido uma nova rotina de consumo de conteúdo, depois dos youtubers alcançarem a fama com os seus vídeos no YouTube. O novo sonho desta geração é ser Youtuber e é muito normal encontrar crianças e adolescentes a querer criar e administrar o seu próprio canal no Youtube.

Nesse momento é preciso ser flexível, para compreender as novas possibilidades que o mundo moderno nos traz e pensar que os nossos filhos vivem num mundo muito diferente daquele em que fomos criados. O Youtube pode e deve ser utilizado com regras e restrições, para se tornar numa ferramenta positiva e de muita diversão para esta nova geração.

O Miguel e o Youtube

O incentivo de aprender novas competências com o auxílio do Youtube tem apresentado inúmeros benefícios, de entre os quais está o amadurecimento comportamental e intelectual de crianças e jovens e da sua autoconfiança. É o caso do Miguel, de 11 anos. Ele é aluno da Happy Code no Brasil e portador de Transtorno do Espectro Autista. A sua mãe, Susy Ferraz, é pedagoga de Educação Infantil na rede municipal de Campinas e, após o diagnóstico, dedicou-se aos estudo,s tanto para assistir o seu filho da melhor forma possível quanto para divulgar a conscencialização sobre este assunto. Depois de muita leitura, congressos e pesquisas, compreendeu que é preciso descobrir os interesse da criança e investir nas suas competências.

A Susy procurou a Happy Code depois de observar o grande interesse de Miguel pela tecnologia, uma característica comum no autismo, e a aprendizagem de competências digitais foi uma forma de estimular o seu desenvolvimento. Ele adorou e percebeu que, para além de todas as competências que já tinha, serviu para desenvolver muito bem a atenção, a procura de caminhos alternativos, a imaginação e criatividade e, aquilo que talvez seja o mais importante, é muito feliz em suas aulas.

Segundo a mãe, o Miguel adora os youtubers. “Como todos os adolescentes, adora os Youtubers e tem uma almofada autografada do Autentic Games ,que ganhou na Happy Code e que adora. É muito comum vê-lo a assistir a um Youtuber a jogar e comentar o jogo e depois conseguir passar por aquela fase no seu próprio jogo e “narrar” essa trajectória como eles. Desta forma, a linguagem dele também se desenvolveu bastante e é incrível ouvi-lo neste momento.”

A autoconfiança é um ingrediente fundamental em todos os aspectos do desenvolvimento saudável da criança e é essencial para que a criança se relacione com os outros e encare os desafios sociais como partilhar, competir e fazer amigos. A ferramenta do Youtube pode ajudar no desenvolvimento do seu filho, pois através da gravação de vídeos consegue melhorar o seu vocabulário, concentração nas actividades, aprende a resolver problemas, relaciona-se melhor, se uma forma gradual, com o público do canal e, como consequência, a sua confiança desenvolve-se.

A Susy destacou ainda a importância dos Youtubers adequarem a linguagem nos seus vídeos, principalmente aqueles destinados ao público infantil. “Estamos sempre atentos, orientando e às vezes bloqueando alguns [youtubers] que se expressam de maneira inadequada, tanto no português, como nos isultos e palavrões”, disse a finalizar a sua observação.

Sobre o curso de Youtuber

Nas escolas Happy Code disponibilizamos o curso de Youtuber. Este curso é sempre um enorme sucesso no período de férias e foi agora adaptado para o modelo regular, com duração de um ano. Os alunos dos 8 aos 17 anos aprendem a criar um canal desde a ideia inicial, ferramentas do Youtube, técnicas de gravação, edição de vídeos, guiões e direitos de autor, para além de aprenderem a criar vinhetas, corrigir erros de gravação e técnicas de captura de tela e sonorização. Para além disso, são orientados sobre direitos e deveres, para se formarem cidadãos digitais conscientes.

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos lecionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de atuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code leciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projetos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.

0 Comentários

Deixe um comentário