Desenvolvimento infantil: 7 dicas para estimular o seu filho

Desenvolvimento infantil: 7 dicas para estimular o seu filho

O desenvolvimento infantil acontece sob diferentes aspectos. A criança precisa de trabalhar tanto a sua mente como o seu corpo, para que cresça de forma saudável, consiga desenvolver competências, interaja com o mundo e tenha uma boa aprendizagem.

Mas para isso é preciso que receba os estímulos certos, para ter recursos que lhe permitam descobrir por si mesma o que está ao seu redor. Como tudo é novo para ela, cabe aos pais essa tarefa de lhe criar oportunidades para que tenha esse bom desenvolvimento.

Existem algumas práticas que são muito eficazes e proporcionam excelentes resultados, trabalhando diferentes competências e habilidades da criança. Nesse artigo, enumeramos algumas que são fáceis de colocar em prática, para que possa oferecer os estímulos certos aos seus filhos.

1. Facilite a aprendizagem

A criança só conseguirá aprender se tiver caminhos que lhe permitam chegar a esse objetivo. Sendo assim, o ideal é que facilite a aprendizagem aos seus filhos, de modo a que eles tenham condições de conhecer as coisas ao seu redor e perceber como tudo funciona.

Nós, adultos, precisamos de ter em mente que aquilo que nos parece muito simples para a criança pode ser um grande desafio. O que é lógico para nós, para ela é uma grande descoberta. Portanto, responder às suas perguntas, explicar como as coisas funcionam e mostrar como executar tarefas é essencial.

Além disso, permita também que a criança brinque, experimente e conheça. Ofereça brinquedos, jogos, leia com ela, oiça música, permita a interacção com outras crianças… Enfim, adopte medidas que lhe permitam ter contato com diferentes universos.

2. Trabalhe a cognição

A cognição envolve diferentes competências físicas e mentais que permitem à criança conhecer os seus próprios sentimentos, emoções, pensamentos e capacidades motoras, além do mundo ao seu redor, envolvendo objetos, pessoas e fenómenos.

O bom desenvolvimento infantil depende muito do trabalho da cognição para que tenha essa consciência de si mesma, saiba como explorar o seu potencial e, ao mesmo tempo, esteja atenta ao que acontece ao seu redor, para que possa interpretar como as coisas funcionam e o modo como deve agir em sociedade.

Para trabalhar a cognição da criança, as brincadeiras são uma excelente alternativa. Afinal, é assim que ela faz as suas descobertas. Mas procure sempre adoptar as que são adequadas a cada faixa etária, para aproveitar as lacunas do desenvolvimento da melhor forma possível.

3. Exercite a capacidade motora

Todas as acções que realizamos dependem da nossa coordenação motora. Seja para nos alimentarmos, caminharmos ou até mesmo escovarmos os dentes, ela é essencial. Por isso, o desenvolvimento infantil também precisa de se focar nessa competência.

Desde pequena, a criança pode ser treinada para desenvolver a sua coordenação. Os brinquedos de encaixar, livros para colorir, blocos de montar, entre outros recursos, são excelentes alternativas para que ela aos poucos domine e refine os movimentos do seu próprio corpo.

A prática de desporto e actividades como a dança também são muito bem vindas, pois permitem que a criança conheça e explore o seu físico. Além disso, trazem-lhe mais saúde e evitam o sedentarismo.

4. Estimule competências

Outro aspecto que deve começar a ser trabalhado durante a infância são competências que a criança vai precisar para ter um bom desempenho nos estudos, saber como interagir em sociedade e explorar melhor o seu potencial. Entre elas estão:

  • comunicação;
  • empatia;
  • inteligência emocional;
  • concentração;
  • raciocínio lógico
  • trabalho em equipa;
  • criatividade;
  • organização;
  • pensamento crítico.

A convivência com outras crianças, com a família e fazer cursos extracurriculares são boas práticas para alcançar esses objetivos. Mas é importante lembrar que tudo isso é feito através de estímulos, e que deve evitar cobranças e comparações, trabalhando a autoestima da criança através de elogios e incentivos.

5. Apresente a robótica e programação

As novas gerações já nasceram integradas num mundo tecnológico e digitalizado, por isso, a realidade delas é diferente daquela dos adultos de hoje. Para que o desenvolvimento infantil aconteça na sua plenitude, é preciso que os mais novos tenham contato com esse universo.

É natural que os pais tenham um pouco de receio em apresentar a tecnologia aos seus filhos quando eles ainda são pequenos. No entanto, ela não pode ser vista como uma inimiga, já que está presente no nosso dia a dia e será ainda mais expressiva no futuro das crianças.

É claro que os recursos tecnológicos precisam de ser explorados de uma forma correcta para que sejam positivos. Portanto, uma excelente alternativa é apresentar a robótica e a programação aos mais novos. Estas duas áreas de conhecimento estão em constante expansão e a tornar-se indispensáveis para os profissionais em formação.

Mesmo as crianças mais novas podem ter contacto com conceitos de robótica, ao trabalharem estruturas com blocos de montar. Conforme crescem, podem ter uma aprendizagem mais refinada, até chegarem ao ponto de programarem sozinhas através de softwares e até mesmo desenvolverem um robot.

6. Ofereça os brinquedos certos

Existem diferentes tipos de brinquedos que podem ser oferecidos às crianças, no entanto, alguns são mais positivos para o desenvolvimento infantil. Isso porque auxiliam no despertar do raciocínio lógico, ou seja, na capacidade de a criança resolver os problemas da melhor forma possível.

Puzzles, jogos de memória, xadrez, damas, entre outros que precisam de uma estratégia ou fazem a criança pensar, são mais eficazes para atingir esse objetivo. Afinal, eles testam a competência da criança ao colocar-lhe desafios.

Os videojogos também são uma boa alternativa, desde que adequados à faixa etária da criança. Mas lembre-se sempre de dosear o tempo para que seja saudável e preferir aqueles que realmente a façam superar-se cada vez mais.

7. Propicie o contato com a natureza

Os seres humanos também são parte da natureza e a criança deve estar ciente disso desde pequena para que tenha um bom desenvolvimento. Ela precisa de entender que faz parte do todo e que da mesma forma como as suas acções influenciam o meio, o meio influencia a sua vida.

O contato com a natureza é fundamental para que ela conheça o mundo, desperte a sua criatividade ao explorar o novo e tenha mais saúde, pois isso estimula o seu organismo e a imunidade, além de evitar que fique sedentária.

Visitas ao parque, fins de semana em quintas ou hortas pedagógicas, visitar um jardim botânico, passar férias em cidades com riquezas naturais, entre outras acções, são muito positivas. Desse modo, vai conhecer aspectos diferentes e ter experiências distintas que lhe vão permitir a construção do seu saber.

Como viu, o desenvolvimento infantil não depende apenas de um aspecto. Desta forma, esteja atento às oportunidades que oferece ao seu filho e permita-lhe ter acesso a diferentes recursos. Dessa forma, vai conseguir despertar diversas competências, explorando todo o potencial que tem, além de manter uma boa saúde física e mental.

Na Happy Code podemos ajudar o seu filho a ter um desenvolvimento completo. Para conhecer tudo o que lhe podemos oferecer, peça mais informações e marque mesmo uma aula experimental gratuita!

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos leccionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de actuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code lecciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projectos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.

0 Comentários

Deixe um comentário

gtag('config', 'AW-868132947');