Videojogos para crianças: como usar de forma produtiva?

Videojogos para crianças: como usar de forma produtiva?

Há quem veja como negativo oferecer videojogos a crianças, no entanto, quando bem utilizados, esses recursos são excelentes aliados para o desenvolvimento e aprendizagem infantil. Isso porque diversas competências são estimuladas através dos jogos certos.

Actualmente existem várias empresas que criam esse tipo de programa, e os estilos são os mais variados. É por isso que os pais precisam de estar atentos e aconselhar os seus filhos, para que eles possam ter apenas contacto com aquilo que lhes trará  vantagens.

Neste post falaremos um pouco sobre como os videojogos podem ajudar no desenvolvimento dos mais pequenos e quais são os benefícios que eles proporcionam quando são utilizados da forma correta. Portanto, na continuação vai para descobrir outras formas de ajudar o seu filho a explorar todo o seu potencial.

Os videojogos e sua evolução

Quando foram lançados, o foco principal dos videojogos era proporcionar entretenimento. Eram programas com gráficos muito simples, assim como os objetivos e desafios lançados, mas isso mudou bastante com o passar do tempo.

Conforme a tecnologia avançou, com a informática e o mundo digital, os jogos tornaram-se cada vez mais modernos e bem elaborados. Agora, para vencer, já não é suficiente a atenção e coordenação motora, também é preciso traçar estratégias e ter um raciocínio lógico, assim como muita destreza.

Embora o foco ainda seja entreter pessoas de todas as idades, há videojogos que são lançados com o intuito de estimular competências e promover a aprendizagem. De uma forma lúdica e interativa, possibilitam que as crianças desenvolvam o seu potencial de uma forma natural.

Com gráficos muito coloridos, paisagens próximas da realidade, comandos diversificados e complexos e até mesmo a possibilidade de escolher o final, hoje são um recurso muito rico e que pode ser explorado de uma forma mais abrangente do que apenas para passar o tempo.

O impacto desses jogos no desenvolvimento infantil

O desenvolvimento infantil não acontece apenas no seu físico, uma vez que também é fundamental que as competências cognitivas sejam estimuladas. Isso tudo para que a criança consiga coordenar os seus próprios pensamentos, expô-los de uma forma lógica e ainda interagir com o mundo de modo mais saudável e completo.

Para que isso aconteça, a criança deve ter contacto com recursos que ajudem a estimular o seu cérebro a criar ligações cada vez mais complexas. São elas que possibilitam o pensamento e o raciocínio a encontrarem caminhos diversos para solucionar problemas.

É por isso que os videojogos para crianças são benéficos e contribuem para o desenvolvimento e aquisição de conhecimento. A grande riqueza de detalhes que trazem actualmente, além de todo o seu argumento e programação, é o que possibilita alcançar esses resultados.

Por isso é que os videojogos deixaram de ser vistos como perda de tempo e, hoje, são utilizados até mesmo em escolas, de modo a promover a aprendizagem. No entanto, é importante destacar que não se trata de qualquer jogo, uma vez que nem todos atingem esse objetivo ou são apropriados para os pequenos.

Embora todos eles possam contribuir de uma forma positiva, é interessante escolher aqueles que tenham sido elaborados com foco no estímulo de alguma competência, de forma a que a criança possa aproveitar ao máximo o potencial dos videojogos em seu próprio benefício.

Não podemos esquecer que alguns deles são destinados ao público adulto, em função do seu conteúdo. Por isso, para aproveitar os jogos de uma forma produtiva, é fundamental que eles sejam escolhidos sempre com base naquilo que se pretende estimular na criança, o que é de facto vantajoso e apropriado para a sua idade.

Os benefícios dos videojogos para crianças

A grande vantagem de utilizar videojogos para crianças é que as novas gerações nasceram inseridas no mundo digital. Por isso, as formas mais tradicionais de aquisição de conhecimento nem sempre são atractivas ou estimulantes para elas.

Sendo assim, os jogos auxiliam os pais e educadores a estimular as competências dos mais pequenos, a promover o desenvolvimento do seu raciocínio e adquirir conhecimento. Afinal, há vários jogos no mercado que são muito educativos e com foco na formação académica e cultural.

É por isso que esses recursos são excelentes aliados na educação da criança, possibilitando alcançar benefícios como aqueles que vamos enumerar a seguir.

Estreitamento de laços entre pais e filhos

Os videojogos para crianças são uma excelente forma de os pais se aproximarem dos seus filhos. Nesse momento é possível desenvolver a interacção de modo a que os responsáveis eduquem os seus pequenos ao mesmo tempo em que se estão a divertir com eles.

Aprendizagem de um novo idioma

Existem jogos que são específicos para a aprendizagem de idiomas, mas isso também é possível através de outros que não têm esse foco. Afinal, para que a criança consiga interagir com o jogo ela precisa de perceber o que está a ser dito, então, mantendo a configuração na língua que se pretende ensinar, ela assimila as informações de uma forma natural.

Aumento da coordenação visual

Os videojogos para crianças também possibilitam que elas desenvolvam a sua coordenação visual. Isso acontece porque diversas informações são transmitidas simultaneamente e o pequeno precisa captá-las através do olhar, interpretá-las e cumprir uma determinada acção.

Melhoria na coordenação motora

As competências também são testadas nos jogos e elas envolvem, principalmente, a coordenação motora. A criança precisa de compreender aquilo que está a ser pedido e cumprir uma determinada acção no momento certo, possibilitando coordenar o seu pensamento e os estímulos motores, para que o corpo responda no tempo ideal.

Estímulo do raciocínio lógico

Como já foi dito, os jogos digitais exigem uma determinada estratégia para que os problemas sejam solucionados. Além de desafiarem a coordenação motora, fazem o mesmo com a mente, e é dessa forma que a criança consegue criar as ligações que nós citamos, encontrando caminhos diferentes para solucionar os desafios que surgem.

É por isso que os pais não precisam de ter medo ou receio dos videojogos para crianças. Na verdade, é muito interessante saber como administrar esse recurso para o utilizar a seu favor na educação dos mais pequenos. Eles são uma excelente alternativa para que eles consigam explorar o seu potencial e conhecer melhor as suas próprias competências.

Gostou deste artigo? Então, leia também o nosso artigo sobre as vantagens e os benefícios que os videojogos podem trazer para o desenvolvimento do seu filho.

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos lecionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de atuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code leciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projetos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.

0 Comentários

Deixe um comentário