Todas as nossas atividades podem ser presenciais ou online. INSCREVE-TE AQUI!

6 dicas práticas para melhorar a comunicação escolar

Apostar numa boa comunicação escolar é imperativo para ter sucesso no mercado educacional. Ao estabelecer um diálogo transparente e objetivo, a sua instituição de ensino dá início a uma relação muito mais saudável com professores, alunos e pais que contribuirá para a obtenção de resultados com sucesso de modo geral.

Saiba que uma comunicação ineficiente é capaz de trazer problemas que abalam substancialmente qualquer empreendimento. Desentendimentos, conflitos desnecessários e falhas na condução de atividades são questões facilmente evitadas se a instituição de ensino estiver disposta a conversar abertamente com a sua comunidade escolar.

Se acha este assunto interessante, tome atenção ao conteúdo a seguir. Apresentamos seis dicas muito práticas para melhorar a comunicação na sua escola. Vamos lá?

1. Utilize ferramentas tecnológicas

Para algumas pessoas, pode parecer óbvio recomendarmos a utilização de ferramentas tecnológicas em plena era digital. Mas a verdade é que alguns gestores simplesmente ignoram o poder destas ferramentas, assim como os inúmeros benefícios e facilidades que trazem para o quotidiano das instituições de ensino.

É a altura, então, de rever alguns conceitos. É fundamental consciencializar-se da necessidade de mudança e compreender que os recursos tecnológicos são hoje fundamentais para aperfeiçoar a comunicação escolar, simplificar as relações e reduzir possíveis ruídos nos diálogos.

Atualmente, o mercado dispõe de softwares que possibilitam aos pais acompanhar a rotina dos seus filhos. A partir de aplicações, consultam rapidamente faltas, notas de provas, comunicados especiais e outras informações relacionadas com o rendimento escolar deles. E tudo isto pode ser acedido a qualquer momento — e em qualquer lugar — através de smartphones ou tablets. É bom, não é?

2. Promova reuniões periódicas com os pais

Ao investir numa relação próxima com os responsáveis, será possível incentivar uma participação mais ativa por parte deles na instituição. É uma oportunidade valiosa para os fazer compreender que são genuinamente parte da comunidade escolar e que as suas opiniões são fundamentais para o processo de ensino/aprendizagem.

3. Incentive a participação da comunidade escolar

Já referimos a importância de valorizar a opinião dos pais e fazer com que se sintam parte real da escola. No entanto, não são os únicos que precisam de participar ativamente na comunidade escolar. Lembre-se de que os alunos, professores e os restantes colaboradores também fazem parte da sua instituição de ensino!

Por isso, tenha debates construtivos, faça reuniões com todos ou promova eventos com o objetivo de fortalecer relações e incentivar a integração das pessoas. Vale a pena até aproveitar as festas tradicionais — como a Páscoa ou o Natal — para os reunir e proporcionar momentos de descontração e confraternização.

4. Conheça os alunos

Em primeiro lugar, é preciso conhecer a fundo o seu público-alvo. Esta é uma dica indispensável e bastante importante para ser bem-sucedido na comunicação com os seus estudantes. Por esta razão, perguntamos: sabe quem são os seus alunos? Compreende os seus comportamentos, anseios e necessidades?

O jovem de hoje em dia não é igual ao de antigamente. Na verdade, ele é totalmente diferente do jovem do século passado. O mundo virtual abriu-lhe um leque de possibilidades e, nesse novo contexto, a sua identidade é remodelada e os seus desejos já não são os mesmos — sabe identificá-los?

Os modelos tradicionais de ensino já não são suficientes para satisfazer a juventude da era digital. É preciso que haja dinamismo nas salas de aula, que a tecnologia esteja sempre presente, que novas metodologias sejam exploradas e que, além de tudo isto, haja espaço para que os alunos participem ativamente no processo de ensino/aprendizagem.

As coisas mudaram bastante, não é verdade? Por este motivo, sugerimos que a sua escola esteja pronta para ouvir o que estudantes têm a dizer. Ao interagir com eles, acredite, será muito mais fácil compreender o que esperam da sua instituição de ensino e, por consequência, corresponder às suas expetativas.

5. Seja transparente na comunicação escolar

Aconselhamos que a sua escola preze sempre pela transparência. A comunicação escolar só poderá ser realmente eficiente a partir do momento em que a instituição estiver pronta para estabelecer um diálogo honesto e verdadeiro sobre o seu momento atual. É essencial deixar todos os membros da comunidade com a mesma informação e conscientes dos planos, dos objetivos e das expetativas da empresa.

Saiba que não faz sentido restringir informações ou centralizá-las. Com uma simples comunicação direta e pautada pela honestidade, evitará diversos problemas e desconfianças desnecessárias por parte de pais, alunos e professores. Tenha a atitude correta para com a sua comunidade e de certeza que os benefícios aparecerão!

6. Explore as redes sociais

Além de manter um website institucional da sua escola, explore o poder das redes sociais. Esta é outra forma válida de comunicar com pais, alunos e professores. Além disso, é uma forma excelente de divulgar as atividades que ocorrem dentro da sua instituição, assegurar mais visibilidade e publicidade e aumentar a captação de estudantes.

Pode criar conteúdos para diversos canais digitais, como o Facebook, o Twitter e o Instagram, por exemplo. Já imaginou ter um blog para falar sobre o dia-a-dia dos estudantes? Ou para divulgar um evento diferente, uma ação de beneficência ou uma aula com uma metodologia inovadora?

Agora já conhece seis formas valiosas para aperfeiçoar a comunicação escolar! Com estas informações sobre o assunto, pode começar a pensar num planeamento comunicacional interativo, moderno e transparente. Acreditamos que as nossas dicas serão oportunas para que, acima de qualquer coisa, a relação entre a sua instituição e a comunidade escolar seja beneficiada e fortalecida.

0 Comentários

Deixe um comentário