Todas as nossas atividades podem ser presenciais ou online. INSCREVE-TE AQUI!
Home / Happy Blog / Saiba como escolher a melhor escola de programação infantil!

Saiba como escolher a melhor escola de programação infantil!

O mundo mudou bastante de há uns anos para cá e isso fez com que as próprias fases da vida fossem influenciadas. Repare nas crianças de hoje e naquelas que nasceram na década de 1950, por exemplo, a maneira como vivenciam cada fase da vida é bastante diferente, não é? Por isso, pensar numa escola de programação infantil pode ser uma ótima opção!

Atualmente, é possível notar, por exemplo, numa facilidade natural dos pequenos com as tecnologias, o que é bastante positivo se considerarmos os vários benefícios da utilização correta dos aparelhos tecnológicos.

No entanto, é preciso considerar o facto de que para utilizar corretamente a tecnologia é preciso que a criança esteja exposta a um estímulo de desenvolvimento saudável. Por isso, neste artigo, vamos ensinar como escolher a melhor escola de programação infantil, tendo como base o que os pais valorizam numa escola.

A seguir, apresentaremos várias dicas para fazer a melhor escolha, assim como os benefícios de inserir a tecnologia corretamente no dia-a-dia dos pequenos. Boa leitura!

Por que razão as crianças devem aprender programação?

Os avanços tecnológicos dos últimos anos provocaram uma profunda transformação na organização social como a conhecemos, sendo que muitas das atividades de hoje serão automatizadas no futuro.

Esta abordagem será a chave para que novas profissões surjam, fazendo com que as crianças de hoje encontrem pela frente um mundo totalmente novo.

Quando elas forem adultas, os empregos serão muito diferentes. Aliás, não é só isso, mas a sociedade como um todo estará completamente transformada e nada melhor do que as crianças estarem preparadas para lidarem com os desafios do futuro.

Por isso, aprender programação terá tanto peso como saber inglês. Esta competência possibilitará uma melhor preparação para os desafios do futuro, uma vez que diferentes setores estarão cada vez mais ligados à tecnologia, da medicina ao comércio.

Apesar de já terem nascido em contacto com as tecnologias, sendo isso parte do seu dia-a-dia, para que as crianças sejam de facto fluentes em programação não basta serem meros consumidores. Por esta razão, é essencial o ensino de linguagens de programação. E quais são os benefícios para além da fluência em informática? Podemos destacar os seguintes:

· Desenvolvimento da criatividade: para aprender a programação, a criança é muitas vezes exposta a desafios para desenvolver uma aplicação, um jogo ou até um software. Este exercício ajuda na aprendizagem, estimulando a criatividade e a procura de soluções diferentes.

· Resolução de problemas: estar em contacto com a programação desde cedo ajuda a criança a solucionar problemas de forma prática e racional, mesmo os mais complexos. Afinal, ela aprende que deve solucionar o problema aos poucos até chegar ao cerne da questão, tal como acontece na criação de um programa.

· Estímulo à aprendizagem: a aprendizagem de programação ensina as crianças a pensarem de forma estruturada. Desta forma, aprendem ciências exatas na prática, e também há um estímulo à captação de conhecimento de forma mais motivadora.

· Expressão de ideias e sentimentos: o interessante da programação é que as crianças passam a utilizar a tecnologia para expressar os seus sentimentos e a colocar as ideias em prática, o que é bastante enriquecedor do ponto de vista intelectual.

Mas é importante que os pais saibam que para aproveitar todos estes benefícios, eles têm de escolher a melhor escola para matricular o filho e, neste sentido, torna-se fundamental analisar a metodologia de ensino. A seguir, vamos explicar como deve escolher a melhor escola de programação.

Como escolher a melhor escola de programação infantil?

A alfabetização tecnológica tem um grande impacto na vida da criança. Mas para que o impacto tenha um efeito positivo e eficaz é preciso fazer a melhor escolha.

Conheça a seguir alguns aspetos a ter em consideração quando se trata de uma escola de programação!

Tenha em consideração o plano curricular

Num primeiro momento um aspeto a ser avaliado é o plano curricular. É muito importante que as metodologias utilizadas estejam relacionadas com as necessidades modernas. Portanto, trabalhar disciplinas que podem ser facilmente aplicadas é o mais importante.

Confirme se os cursos trabalham a resolução de problemas reais. Além disso, é preciso que trabalhem as competências técnicas, mas também pensem na preparação para o futuro. Assim, é importante desenvolver competências como a comunicação, a autonomia, a colaboração, o pensamento crítico e outras.

Reputação de mercado

Um ponto interessante a considerar na sua lista deve ser a reputação de mercado que a escola tem. Conheça as qualificações profissionais dos professores, a metodologia de ensino e veja o que outros pais dizem sobre a escola.

Fazer uma pesquisa de mercado também ajuda a avaliar a reputação. Saiba quais são as tendências de aprendizagem e os recursos utilizados. Aliás, sobre este último ponto, vale a pena conhecer os equipamentos e identificar se estão alinhados com os padrões internacionais.

Equipamentos e recursos

Falando sobre equipamentos e recursos, os pais têm de estar atentos ao equipamento utilizado e à sua qualidade, se há suporte técnico e pedagógico para as metodologias que são utilizadas no ensino.

Isto é essencial, porque terá um impacto direto na experiência de aprendizagem, fazendo com que ela seja não só agradável, mas também efetiva. Não se esqueça de considerar outros recursos, como os cursos oferecidos e a integração entre eles.

Assim, os pequenos podem estar em contacto com aqueles que mais se identificam. Isto ajuda a aproximar os alunos e faz com que consigam um envolvimento mais lúdico na procura de um objetivo.

Metodologia inovadora de ensino

Alguns métodos são mais eficientes do que outros e isso deve ser tido em consideração. O LET (Lean Education Technology) é um dos que se destacam entre as opções oferecidas pelo mercado. A Happy Code baseia o seu ensino nesta metodologia que tem como foco o desenvolvimento de competências consideradas desafiadoras na modernidade. Com isso, os cursos são focados na interatividade, para que os alunos desenvolvam aspetos, tais como:

· Raciocínio lógico.

· Capacidade de lidar com as mudanças.

· Sentido crítico, entre outros.

Ou seja, são trabalhadas não só as competências técnicas, mas também as comportamentais. A ideia é que os alunos tenham um papel mais ativo e sejam protagonistas na sua educação, contribuindo assim para a sua maior independência e desenvolvimento pessoal.

Esta metodologia faz com que os estudantes sejam estimulados a aprender, possibilitando um maior alinhamento com os desafios a serem vivenciados no mundo real e, futuramente, no mercado de trabalho.

De modo geral, o LET incentiva os alunos a fazerem a análise de problemas complexos e a utilizar isso de forma criativa, afastando-se do senso comum para que inventem soluções criativas. Isto pode ser visto no próprio dia-a-dia e nas escolas.

Escolher a escola de programação infantil é o primeiro passo para garantir o desenvolvimento completo do seu filho. Portanto, ter em consideração os aspetos referidos neste artigo poderá ajudar a ter maiores chances de escolher a melhor escola.

0 comments

Leave a comment