Porque razão o seu filho deveria aprender a programar?

Porque razão o seu filho deveria aprender a programar?

Janeiro 16, 2017

Os computadores têm um papel importante no Mundo onde vivemos. A Tecnologia está em todo o lado e a avançar como nunca antes se viu. Isto significa que, ao contrário do que acontecia há alguns anos em que os jovens apenas tinham um telemóvel quando atingiam a adolescência, as nossas crianças terão que aprender a interagir com a tecnologia desde muito pequenas.

O mais provável é que as nossas crianças usem um smartphone para fazer uma chamada ou para ver um video quase desde que nascem. Assim, se a tecnologia faz parte da vida dos mais novos, então, a linguagem que a faz acontecer, a programação, também deveria fazer.

O que devemos ou não devemos ensinar às nossas crianças durante o seu desenvolvimento?

Existem uma série de teorias sobre o que as crianças deveriam ou não aprender durante o seu desenvolvimento. Por exemplo: as crianças precisam de aprender disciplina, precisam de saber trabalhar em equipa, precisam de saber comunicar e expressar-se corretamente. Será que isto se aprende na programação ou os programadores são todos “geeks” ou “nerds”?

Embora a programação não ensine nenhuma dessas competências por si só, as crianças aprendem-nas à medida que manipulam a tecnologia. Com uma orientação adequada, as crianças podem aprender como concluir projetos de programação, como desenvolver ideias em conjunto, como questionar, como formular o pensamento, como resolver problemas e como trabalhar para um objetivo final.

Podemos fazer da Programação um passatempo para uma crianças?

A maioria dos pais tem como objetivo ensinar aos seus filhos um passatempo criativo que os entretenha e, ao mesmo tempo, os eduque.

Para algumas crianças isso significa fazer ballet, tocar um instrumento, pintar etc.

No entanto, outras, estão mais focadas na tecnologia ao invés destas fontes tradicionais de entretenimento.

Aprender a criar uma App ou um site pode ser uma ótima maneira de se expressar. Programar também pode ser muito divertido, independentemente da sua idade. Processos de tentativa-erro podem criar resultados “tolos” que as crianças adoram mas é o resultado final que capta a sua atenção. As crianças podem aprender a fazer os seus próprios jogos e jogarem-nos tão frequentemente como gostariam.

Aprender competências para resolver problemas através da programação

Saber mexer num computador, como se dizia antigamente, é hoje uma necessidade. Mesmo que as nossas crianças não estejam a aprender a desenvolver uma App, precisam de entender o básico para sobreviver neste mundo moderno.

Programar ajuda a dar-lhes uma melhor compreensão geral da tecnologia em rápido desenvolvimento. Aprender os fundamentos da programação pode ajudar as nossas crianças a desenvolver estas competências e a desempenhar um papel fundamental na mudança.

O melhor de tudo é que quase qualquer criança pode aprender a codificar. Crianças tão pequenas, com 4/5 anos podem saber como “comandar” um tablet ou um smartphone aprendendo o que comandos mais avançados fazem.

As crianças mais velhas podem então desenvolver as suas competências em escolas especialmente programadas para este efeito.

Programar é bastante complexo mesmo num nível inicial. Aprender a manipular a programação significa entender um problema e explorá-lo, testá-lo e escolher a melhor solução dentro de inúmeras soluções. Ainda que a criança possa não entender um algoritmo complexo, consegue aprender os passos que o podem ajudar a resolver certo problema.

Estas competências podem abrir um leque de carreiras muito variado, tais como engenharia, robótica ou tecnologia de computadores. As crianças não estão apenas a aprender como comandos simples podem entretê-los, estão sim a aprender e desenvolver competências que podem ajudá-los a obter uma boa carreira neste mundo globalizado em que vivemos.

As competências linguísticas são a chave para o sucesso

Enquanto existem debates sobre se as crianças devem ou não aprender programação numa idade precoce, a importância da comunicação nunca está em debate. Quando pensamos em programação temos que a ver como se fosse uma 2ª língua. Acha que o seu filho aprender inglês ou espanhol ou francês numa idade precoce é benéfico?

Aprender linguagem de programação desde uma tenra idade, tem benefícios similares a aprender uma segunda língua. As crianças não ficarão apenas aptas a trabalhar facilmente em tecnologia, elas também estarão aptas a comunicar melhor.

Eles serão capazes de compreender que, se o tablet ou o computador deles tiver um problema causado pelo seu jogo favorito e deixar de trabalhar, é o próprio jogo que tem um “bug”. Isto faz com que eles consigam manusear melhor os seus problemas tecnológicos.

Programação está a tornar-se, a passos largos, uma linguagem universal. Mesmo não sendo sempre uma linguagem verbal, é muito importante a sua aprendizagem de forma a saber interagir com a tecnologia.

Todas as crianças precisam ser literadas digitalmente se quiserem sobreviver no mundo moderno. A programação leva esse passo mais adiante, dando à criança a oportunidade de aprender maneiras melhores de interagir com a tecnologia ao seu redor. Eles vão aprender a resolver problemas e ganhar as competências necessárias para serem bem sucedidas em empresas de todo o mundo.

Para ajudar todas as crianças a atingir este tipo de competências futuras surgiu a Happy Code Portugal. Juntos faremos com que as nossas crianças sejam adultos bem sucedidos e capazes neste mundo em transformação.

A Happy Code é uma uma escola de tecnologia e programação para crianças e jovens a partir dos 6 anos. Ensinamos a literacia do futuro de uma forma divertida! A nossa missão é ensinar tecnologia e programação a todas as crianças. Para saber mais, veja os nossos cursos e siga-nos:

   face   insta   twitter    pint

Todas as pessoas deveriam aprender a programar, pois isso ensina a pensar“Uma mente que se abre a uma nova ideia, jamais voltará ao seu tamanho original”
PortugalBrazil