As novas tecnologias ajudam os alunos na escrita e leitura

As novas tecnologias ajudam os alunos na escrita e leitura

Ter competências a nível de comunicação é algo indispensável para quem quer ser bem sucedido no século XXI, e necessário em todas as etapas da vida. Saber ler, escrever e ouvir são componentes essenciais e que podem ser desenvolvidas através das inovações do mundo digital.  A tecnologia desempenha um papel muito importante no aperfeiçoamento das competências de comunicação dos estudantes e a escrita e leitura dos alunos podem atingir o seu máximo potencial usando tecnologia sob a orientação sólida dos seus professores.

O que dizem as pesquisas?

As pesquisas sobre os efeitos da tecnologia no desenvolvimento das competências de linguagem e alfabetização tem demonstrado inequivocamente os efeitos favoráveis ​​dos livros em formato digital. Um estudo americano da Metapress, mostrou que os materiais de leitura digital são, hoje em dia, comuns nas salas de aula dos países em desenvolvimento e estão a ajudar na transmissão de informações para as crianças de uma forma lúdica e assertiva.  Este estudo mostrou que e-books também estão a ser cada vez mais usados para ensinar a ler as crianças com dificuldades de leitura, transtornos de aprendizagem e dislexia.

Margaret Hawkins, professora da Universidade de Wisconsin nos Estados Unidos, afirma que a comunicação online oferece mais oportunidades de expressão e discurso significativo do que as discussões cara a cara, assim como uma maior produção linguística, mais envolvimento dos alunos e interacção multidireccional. Ela também acredita que as escolas que não consideram as inovações tecnológicas como educativas, especialmente no campo da educação linguística, estão a perder as vantagens de usar a tecnologia como uma grande aliada.

Como pode ser usada a tecnologia

A tecnologia pode ser usada para melhorar a capacidade de leitura de várias maneiras, seja para melhorar e sustentar os níveis de interesse da geração que nasceu conectada, melhorar o vocabulário, a fluência e até mesmo a compreensão de palavras visuais através da leitura num computador ou tablet. Nas competências de escrita, os softwares de processamento de texto promovem não apenas a composição, mas também a edição e revisão de forma a simplificar a tarefa de escrever. A publicação electrónica e a publicação na Web permitem que o trabalho seja levado para fora da sala de aula, para um mundo virtual com interacções mais construtivas e a possibilidade de incorporar outros meios de comunicação num documento escrito (por exemplo, figuras, gráficos, vídeos, etc.) aumenta ainda mais a interactividade na escrita.

comunicação oral aperfeiçoada pela tecnologia é realmente útil, pois permite que os estudantes de locais remotos ou de todo o mundo se comuniquem oralmente através de ferramentas de videoconferência e áudio. Por exemplo, os estudantes brasileiros podem superar o problema do contacto insuficiente com nativos da língua inglesa ao usar ferramentas de áudio e vídeo on-line para falar com nativos da língua em plataformas seguras e, assim, permitindo o desenvolvimento de competências auditivas, vocais, visuais e cognitivas que são importantes na aprendizagem linguística. Estas conversas podem ajudar os falantes não nativos de uma língua através da prática de uma linguagem natural e sotaques culturais, de formas que até agora não eram possíveis por causa da distância. Realmente, não há dúvida de que a aprendizagem de idiomas com auxílio da tecnologia e a comunicação mediada por computadores e smartphones melhora as experiências de ensino e aprendizagem nas áreas de linguística e inteligência da linguagem.

 

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos lecionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de atuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code leciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projetos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.

0 Comentários

Deixe um comentário