Como ajudar os filhos quando tem dificuldades de aprendizagem?

Como ajudar os filhos quando tem dificuldades de aprendizagem?

O que faria se o seu filho estivesse a ter dificuldades de aprendizagem? Esse é um desafio comum a muitos pais nas suas relações com as crianças, embora alguns deles não saibam como reagir e ajudar os filhos quando estão nessa situação. É importante estar atento a cada sinal deles e procurar a raiz do problema para tentar acções correctivas.

Neste artigo, vamos entrar um pouco mais no detalhe das características desse tipo de crise que muitos alunos enfrentam. Além disso, vamos dar algumas dicas sobre como encontrar soluções para esses casos. Se quiser ajudar o seu filho na sua vida escolar e prepará-lo desde já para um futuro brilhante, leia atentamente.

Preste atenção aos sinais

A dificuldade de aprendizagem não é um problema que aparece e se nota com facilidade, pois geralmente está associado a outras questões. Inicialmente, o desempenho do aluno começa a decair e, se os pais estiverem devidamente preocupados, já podem começar a prestar mais atenção.

Ou seja, apesar de não aparecer como um grande alerta vermelho, esse tipo de crise na aprendizagem traz uma série de sinais que podem ser percebidos e compreendidos como um pedido de ajuda. Para entender isso, é fundamental que os pais estejam atentos à vida escolar dos seus filhos, procurando saber sempre o que está a acontecer. Assim, poderão identificar esses detalhes que merecem ser ajustados.

É interessante também reconhecer que a melhoria no desenvolvimento de uma criança não é responsabilidade exclusiva da escola e dos professores, visto que os progenitores têm um papel fundamental nesse aspecto.

Cada aluno manifesta a sua dificuldade de diferentes formas. Afinal, eles não aprendem nem se comportam da mesma maneira. Além disso, a aprendizagem em si é um processo complexo, que envolve uma série de factores interligados — psicológicos, cognitivos, sociais — que devem ser analisados com cuidado.

Descubra algumas dicas sobre como ajudar os seus filhos

Neste tópico, vamos responder à pergunta do título com dicas práticas!

Observe os sinais de comportamento

Como mencionamos no tópico anterior, é fundamental ficar atento aos sinais que os seus filhos apresentam. Cada pequena mudança de comportamento e queda no desempenho já deve servir como um alerta para os responsáveis. É interessante acompanhar com antecedência e proactividade, para evitar que os riscos se tornem situações piores.

Alguns sinais comuns são: problemas de memória, falta de compreensão do que lê, más notas e falta de vontade de estudar e resolver as actividades. Às vezes, o motivo da falta de interesse da criança é a dificuldade de perceber, já que ela pensa que nunca vai aprender aquilo que está a tentar estudar.

Reconheça o problema

Os transtornos de aprendizagem podem ter diversas causas. Duas das principais são questões psicológicas ou transtornos cognitivos.

Psicologicamente, podem estar relacionados a traumas, ansiedade e más recordações, que marcam negativamente a criança; quanto ao aspecto cognitivo, essas complicações estão associadas aos déficits de atenção, dislexia ou técnicas ineficientes de ensino — algo que tem a ver com a instituição.

É importante ter esse conhecimento para aprofundar o problema e procurar a sua raiz. Assim, é possível trabalhar com acções específicas, direccionadas para tratar a situação pelo que ela é, assim como é fundamental para evitar esforço com um diagnóstico errado do que pode ser a causa.

Crie um vínculo com a criança

Outro ponto relevante é a necessidade de criar um vínculo mais próximo com a criança.A aprendizagem não deve ser encarada como um fardo e uma obrigação cansativa e desgastante. É fundamental acompanhar os seus filhos e ensiná-los que aprender é partilhar com outras pessoas e também relacionar-se bem com elas.

Procure uma maior ligação com o seu filho, perguntado-lhe como foi o seu dia e o que estudou. Tente aproximar-se da vida dele e fazer com que se sinta confortável ao expor-se. Isso parece intuitivo numa relação de pais e filhos, mas a deficiência nesse factor é justamente o que causa problemas na maioria das famílias.

Acompanhe as actividades escolares

Os pais devem acompanhar sempre a rotina escolar dos seus filhos, mesmo quando tudo parece estar muito bem. Assim, qualquer crise de aprendizagem será facilmente percebida, o que ajuda a desenvolver o discernimento necessário para resolver os transtornos. Esse acompanhamento ajuda a valorizar a educação aos olhos da criança, assim como a aproxima dos pais.

Procure apoio profissional

Em alguns casos, o ideal é procurar apoio profissional. Quando os problemas identificados são muito sérios e com causas muito profundas, o suporte de um psicólogo, por exemplo, será muito útil e efectivo. Com essa ajuda, poderá contar com métodos reconhecidos e as melhores abordagens possíveis para lidar com os traumas e entraves na aprendizagem.

A ajuda de um psicólogo será importante para a educação do seu filho, mas também para outras áreas, garantindo que ele vai crescer saudável e desenvolver naturalmente as competências necessárias para a vida no século XXI.

Organize a rotina

Muitas crianças não aprendem correctamente pela falta de foco na sua rotina. Às vezes, reorganizar as suas actividades é o passo ideal para ajustar a vida escolar delas e obter um melhor desempenho. Isso significa dar prioridade aos momentos de estudo, evitar distracções e separar um tempo específico para actividades de lazer.

Ajude a encontrar a fórmula ideal de estudo

Como foi mencionado no primeiro tópico, cada estudante aprende de uma maneira própria. Por isso, para solucionar esses problemas de aprendizagem, é fundamental procurar a abordagem que funciona melhor para o seu filho. Nesse caso, é preciso realizar alguns testes e conhecer bem a criança para descobrir o que pode ser adequado.

Com o melhor método de aprendizagem, o estudante pode eliminar as dificuldades e assimilar melhor o que lê e estuda. Esta dica também está relacionada com o futuro dos mais pequenos e com o que eles querem seguir como carreira. Dependendo da forma como aprendem, já podem seleccionar em que área se devem focar.

Momentos de crise na aprendizagem são normais na vida de qualquer pessoa. No entanto, alguns casos merecem uma atenção especial, pois podem indicar um cenário mais complexo. É fundamental acompanhar a jornada escolar dos filhos de perto e estar sempre ao lado deles para os ajudar a aprender melhor e a encarar o processo de educação.

Agora que já sabe algumas boas dicas sobre dificuldades de aprendizagem, veja como ajudar os seus filhos a resolverem os problemas sozinho.

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos leccionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de actuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code lecciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projectos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.

0 Comentários

Deixe um comentário

gtag('config', 'AW-868132947');