Mercado EdTech: entenda como impacta a educação dos seus filhos

Mercado EdTech: entenda como impacta a educação dos seus filhos

A digitalização da sociedade transformou a vida e o comportamento das pessoas como um todo, por isso, iniciativas de diversas áreas estão-se a tentar adequar a essa mudança com soluções tecnológicas. Uma dessas tentativas é a que caracteriza o mercado EdTech, conceito que representa o conjunto de abordagens modernas que misturam tecnologia e educação.

As vantagens deste modelo são a preparação dos alunos para o futuro, com o desenvolvimento das competências necessárias, mas também da dimensão social, com o foco em interacções interpessoais e comunicação

Para saber mais sobre este importante tema, continue a ler até ao final!

O que é o mercado EdTech?

As metodologias do mercado EdTech já estão a criar um grande impacto na educação e na forma como as pessoas olham para esta área. Com elas, o aluno ganha maior protagonismo e é dado maior foco às competências e aptidões a serem desenvolvidas do que aos conceitos propriamente ditos.

Mas, para entender melhor este conceito, devemos compreender primeiro o termo transformação digital. A transformação é o resultado de um processo de digitalização dos processos e das actividades comuns. Ou seja, é uma situação em que o uso das tecnologias é tão intenso que praticamente todas as necessidades envolvem a utilização de alguma ferramenta computacional.

Com essa descrição, já deve ter percebido que estamos precisamente no centro deste fenómeno. Isso mesmo. A digitalização afecta a nossa forma de viver de diversas maneiras, criando formas de comunicação e novas necessidades, à medida em que nosso estilo de vida muda.

O mercado EdTech é a transformação digital a invadir o sector da educação. Essas iniciativas são caracterizadas pelo uso educacional de sistemas computacionais personalizados, aplicações para dispositivos móveis, realidade aumentada e virtual, assim como gamificação, entre outros conceitos. 

Um dos principais pilares da transformação digital é a mobilidade. O mercado EdTech tem investido fortemente em solucionar esse problema, que já é tão comum na nossa sociedade moderna. Se pensarmos bem, estamos em vários lugares durante o dia e queremos ter acesso a informações de uma forma rápida. Por isso, muitas aplicações focam nos telemóveis e na alta disponibilidade dos dados.

Quais são os focos da educação no mercado EdTech?

Os três princípios em que a educação neste modelo se foca são: acessibilidade, participação e personalização:

  • acessibilidade para permitir que a maioria das pessoas tenham acesso a conteúdos de qualidade, por meio da internet;
  • participação, um dos objetivos do uso de práticas inovadoras, para tornar o processo de aprendizagem mais excitante;
  • personalização, característica que é reforçada pelos sistemas inteligentes que recolhem dados, para oferecer uma experiência personalizada a cada aluno.

O EdTech é um mercado em crescimento: teve bastante movimentação e será um dos mais rentáveis nos próximos anos. De acordo com o consultor em futorologia Thomas Frey ,do DaVinci Institute, essas iniciativas vão revolucionar o sector da educação. A sua estimativa é que até 2030 as maiores empresas serão “as educacionais das quais nunca ouvimos falar”.

Segundo Thomas Frey, em 2030, os cursos online serão a maioria, com professores robots que vão personalizar os planos de ensino para cada estudante, para desenvolver o que cada um precisa de forma rápida e eficaz.

Qual a importância para as crianças?

O mercado EdTech tem uma grande importância para a educação de crianças. Apresentamos a seguir seus principais benefícios.

Ludicidade

Uma das vantagens destas novas metodologias de aprendizagem é o fato de se focarem em métodos lúdicos e participativos. Com a gamificação, por exemplo, aspectos dos jogos são exportados para a experiência de ensino, fazendo com que as crianças considerem a aprendizagem tão divertida como os jogos.

Assim como os jogos envolvem através de uma história, uma motivação, objetivos e metas, assim como recompensas e possibilidade de reiniciar, os sistemas modernos que estão a ser propostos para revolucionar a educação também investem nisso.

Ou seja, os métodos tem em conta a motivação dos mais pequenos, como estão satisfeitos e felizes em aprender. Isso é fundamental, pois uma boa parte do desinteresse dos estudantes provém de algumas técnicas rígidas e inflexíveis, que não os motivam nem conseguem mostrar como pode ser interessante estudar.

Colaboração

As soluções educacionais do EdTech também procuram incentivar a resolução de projectos pela colaboração, estabelecendo e ensinando o sentimento de comunidade para as crianças: que é importante procurar a ajuda dos colegas para esclarecer dúvidas e ajudá-los quando precisam.

Assim, as crianças desenvolvem o aspecto social com o trabalho em equipa, interagindo com outras da mesma idade que partilham os mesmos interesses. Os alunos crescem reconhecendo a importância do desenvolvimento social, das pessoas ao redor e da comunicação com elas.

Resolução de problemas

Outra grande vantagem é o foco na solução de problemas. Seja por raciocínio lógico ou por estímulo à criatividade, os métodos utilizados vão levar os estudantes a procurar resolver situações reais com os conceitos aprendidos nas aulas.

Assim, eles também desenvolvem o sentimento de cidadania, ao mostrar que se importam com o mundo ao redor e aprendendo a importância de utilizar os conhecimentos para o bem das pessoas.

Além disso, as crianças desenvolvem a persistência, pois vão ter de aprender a lidar com frustrações e continuar mesmo que se encontrem perante eventuais becos-sem-saída. Estarão focadas no objetivo e na recompensa associada, chegando, finalmente, à solução que desejam.

Melhor uso das ferramentas modernas

As crianças aprendem também a utilizar melhor a internet e outras ferramentas modernas. Elas passam a ver essas ferramentas como sendo úteis para a aprendizagem e aprendem a seleccionar e aproveitar melhor o que consomem. Assim, a sua interacção com a tecnologia será mais saudável, no geral.

Por exemplo, quando estudam o desenvolvimento de jogos, um dos cursos oferecidos pelas empresas no mercado EdTech, as crianças passam a considerar os jogos também como ferramentas de aprendizagem, além de serem simplesmente um meio de obterem diversão, já que começam a compreender os detalhes que envolvem a sua criação.

Aliar educação a tecnologia pode ser extremamente benéfico para os estudantes e para os pais, desenvolvendo os aspectos cognitivos e sociais das crianças concomitantemente. É uma forma de melhorar os métodos para torná-los mais eficazes e personalizados para os alunos. Com isto, os estudantes saem melhor preparados para o futuro.

Gostou deste texto sobre o mercado EdTech? Então aproveite para ler sobre o uso da tecnologia para estimular o desenvolvimento dos seus filhos e aprofunde os seus conhecimentos sobre o tema.

Sobre a Happy Code

A Happy Code é uma escola de programação, tendo como missão formar pensadores e criadores do século XXI. Com uma metodologia de ensino baseada no conceito STEAM (“Science, Technology, Engineering, Arts and Math”), os cursos lecionados incidem sobre a programação de computadores, desenvolvimento de jogos e aplicações, robótica com drones, bem como produção e edição de vídeos para o YouTube.

Tendo como premissa de atuação os valores da responsabilidade, da confiança, da inovação e da consciência social, a Happy Code leciona os seus cursos em centros próprios ou em escolas, empresas, municípios, projetos sociais, centros de estudo, ATLs, entre outros, estando já presente em várias zonas de Portugal.

0 Comentários

Deixe um comentário

gtag('config', 'AW-868132947');